Beneficiado por uma selfie: Uma foto que livrou um homem de uma sentença de 99 anos de prisão

Já pensou que uma selfie poderia te tirar de um sufoco? Pois foi isso o que aconteceu com esse americano, acusado de agressão por uma ex-namorada.

Com a criação das redes sociais, as pessoas passaram a ter um ambiente online para encontrar pessoas e fazer novos contatos conforme seus interesses. Junto com esses objetivos, as redes sociais são plataformas com diversas possibilidades, sendo que a mais utilizada é a publicação de vídeos e fotos no perfil, o usuário pode compartilhar momentos importantes de trabalho e da vida pessoal. Graças a esse hábito de postar fotos da vida social, uma home conseguiu se livrar de uma condenação na Justiça, que o levaria a cumprir 99 anos de prisão.

Um jovem de 21 anos, Christopher Precopia, estava no horário de trabalho quando foi surpreendido pela polícia sem saber do que se tratava. Os agentes receberam a denúncia de uma ex-namorada, colega de faculdade sob acusação de tê-la agredido. Isso aconteceu em 2017 no mês de setembro.

A moça acusou Christopher de ter invadido sua residência, um dia antes da prisão dele, a noite após as 19:00 horas. A jovem contou que o rapaz além de invadir a casa, cortou seu peito algumas vezes.

O caso causou espanto na família de Christopher e nos colegas de trabalho. As acusações pareciam ser verdadeiras, só que a família tinha provas da inocência do rapaz.

Graças a uma selfie feita com um bastão com registro de localização e horário da selfie, publicada no Facebook, provava com toda clareza, que Christopher não poderia ter ido a casa da ex-namorada naquele dia.

Como ele já havia sido preso, os pais de Christopher tiveram que contratar advogados para provar a inocência do rapaz acusado injustamente e pagara a finca estipulada em 150 Mil Dólares, equivale aproximadamente a R$ 577 Mil Reais.

Se não fosse a selfie, certamente Christopher teria de cumprir 99 anos de prisão sem ter feito nada de errado.

Gepostet von Erin Pinkston Precopia am Freitag, 16. November 2018


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇