in ,

Após o vírus cumprir o seu propósito, a cura surgirá. Mensagem espiritual!

- Anúncio -

Em poucos meses, o mundo mudou, os parques estão vazios nos domingos e feriados, shoppings e lojas fechadas, apenas poucas estão funcionando em algumas cidades.

Ir a uma balada, para quem curte, nem pensar, festas de aniversário, casamentos com data marcada há mais de um ano para a festa sair perfeita, viagens, entre outros, tudo cancelado, até as praias estão desertas.

O mundo está diferente, agora as pessoas estão em casa, para muitos, uma nova experiência de convivência, para passar mais dias e horas com a família, tendo de deixar para depois, a correria do dia a dia para o trabalho e demais compromissos.

- Anúncio -

Esse é o efeito que o novo coronavírus está causando, nem se sabe se após a pandemia, tudo voltará a ser como antes, ou se a população irá seguir novos rumos, aprendendo a desacelerar o ritmo, no que diz respeito a vida fora de casa.

Se no campo físico tudo parece estar muito limitado pelo distanciamento social, para que todos se protejam evitando a propagação da doença, no plano espiritual, a energia está mais equilibrada.

Difícil pensar nessa condição de plano espiritual equilibrado, diante de tantas mortes no mundo causadas pela pandemia do novo coronavírus, tanta dor, tristeza, luto para quem perdeu amigos e familiares. O primeiro pensamento ao ler tal coisa, é pensar que parece falta de orientação ou desconhecimento da vulnerabilidade que a dor infringe, algo que seria absurdo só de pensar.

- Anúncio -

A questão em relação ao plano espiritual é de outra profundidade, quer dizer; o equilíbrio se dá pelo fato de espíritos, ou almas, que ficam atrás dos vícios, buscando ambientes conflituosos pelas ruas, para saciarem-se de fluídos das pessoas por meio dos vícios, não estão conseguindo se saciar.

Mas se por um lado, esses espíritos não estão conseguindo saciar sua sede de vícios, muitos estão sendo retidos pelas forças do bem, podem ir procurar em outro lugar, por isso é importante “impedir” que tenham acesso aos lares, e a melhor maneira de criar uma barreira que os impeça de penetrar os lares, é criar uma atmosfera de paz, e oração dentro de casa.

No lugar da revolta por estar em distanciamento social, longe dos abraços calorosos dos amigos e grande parte da família, no caso os que não moram na mesma residência, mantenha o coração calmo, respire fundo, encontre novas atividades simples, como regar as plantas, fazer pintura em um cômodo, ler, entre tantas outras possibilidades, mas principalmente, rogar a proteção de Deus e sentir gratidão por ter uma casa para estar e nela viver. 

“Pois ele me livrará do laço do passarinheiro, E da peste perniciosa.” Salmos 91:3

- Anúncio -


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Maioria das gestantes com Covid não apresenta sintomas, revela estudo

Em uma semana, menino de 7 anos perde mãe e avó para o Covid