in , ,

12 Itens na bolsa de algumas mulheres que já deveriam ter sido jogados fora

12 Itens na bolsa de algumas mulheres que já deveriam ter sido jogados fora

Na bolsa de uma mulher, um universo de objetos pode ser encontrado: desde meias-calças de reserva até um nécessaire repleto de remédios. É verdadeiramente surpreendente como tantos itens podem se encaixar em um acessório tão compacto. Contudo, é essencial lembrar as regras de etiqueta, que sugerem manter a bolsa organizada e livre de itens desnecessários.

As hastes flexíveis são imprescindíveis no dia a dia, servindo para corrigir excessos de maquiagem e rímel borrado. No entanto, frequentemente, negligenciamos sua substituição, optando por guardá-las novamente na bolsa. Alguns até mesmo as reutilizam, apesar de seu propósito único.

Muitas mulheres já enfrentaram a quebra do pó compacto ou do blush em algum momento de suas vidas. Em vez de descartá-los e adquirir novos produtos, elas os mantêm no fundo da bolsa, causando sujeira. A melhor abordagem é solucionar o problema prontamente, seguindo as orientações para reparar o pó danificado ou adquirindo um novo quando necessário.

12 Itens na bolsa de algumas mulheres que já deveriam ter sido jogados fora

Não é incomum encontrar uma nécessaire de remédios em bolsas femininas. Quase metade das mulheres carrega analgésicos, mas o problema surge quando as embalagens vazias não são descartadas. É aconselhável eliminar esse excesso para manter a bolsa organizada.

Pentes antigos frequentemente não proporcionam benefícios aos cabelos, e escovas com cerdas metálicas podem causar danos. Pentes de madeira, por outro lado, promovem a circulação sanguínea no couro cabeludo, fortalecem os fios e melhoram a aparência capilar. Além disso, eles se destacam pela estética em comparação aos modelos antigos.

Guardar recibos de papel na bolsa não é prático, pois eles desbotam e rasgam com o tempo. Para compras importantes, a alternativa é fotografar o recibo e armazená-lo digitalmente no celular ou computador. Outra opção é obter informações de pagamento na própria loja ou através do extrato do cartão bancário utilizado.

Envoltórios de chicletes amassados ou embalagens de doces deixam a bolsa em desordem. Esses resíduos também se aplicam a papéis de balas e chocolates frequentemente encontrados nas bolsas femininas.

Muitas mulheres insistem em usar seus batons favoritos até a última gota, mesmo quando a aparência já não é a melhor. No entanto, batons, assim como outros produtos cosméticos, possuem data de validade, que diminui devido ao armazenamento inadequado e uso frequente.

Os cupons de desconto frequentemente são esquecidos e acumulados no fundo da bolsa, muitas vezes já vencidos, tornando-os inúteis.

De acordo com estudos científicos, a bolsa é um dos acessórios mais sujos no guarda-roupa feminino. Isso ocorre porque a bolsa é frequentemente colocada em lugares públicos, no chão e na mesa, onde dinheiro, celulares e outros objetos são guardados. Portanto, é aconselhável proteger absorventes internos com um estojo protetor para evitar danos ao invólucro plástico ao longo do tempo.

Quando foi a última vez que você verificou a data de validade de seus produtos cosméticos? Descartar produtos vencidos, como batons ou cremes, é essencial para evitar reações alérgicas e proteger sua saúde.

As lixas de unha de metal com partículas de safira ou diamante, que já foram populares entre as mulheres, têm mais desvantagens do que benefícios, pois podem causar microfissuras nas unhas.

Cartões de contato desatualizados de lojas, salões, clínicas e outros estabelecimentos apenas contribuem para a desordem na bolsa. A melhor prática é salvar essas informações digitalmente, armazenando todos os números úteis no celular e descartando os cartões inúteis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receita de Delicioso Arroz à Grega

Receita de Delicioso Arroz à Grega

A inspiradora história do brasileiro que conquistou o diploma aos 75 Anos

Brasileiro que conquistou o diploma aos 75 Anos diz: “Se você não tentar, você já errou”