Trate seus filhos como gostaria de ser tratado e não irá errar

- Anúncio -

“Uma criança não quer gritos nem entende nada sobre repreensão. Seu filho merece ser tratado com a arte da escuta, da paciência e da grandeza do afeto. Porque as crianças não precisam ser “domadas”, precisam ser amadas.”

A vida cada vez mais dinâmica e estressante, criou uma legião de pais e mães cheios de livros e manuais de como lidar com filhos, mas sem muito tempo para praticar o que “tentam aprender”.

Há também aqueles pais que se preocupam exageradamente com a quantidade de coisas que poderão ou não prover para os filhos. Roupas de marca, brinquedos de todos os tipos, viagens para a Disney. Mas muitas vezes nem pensam no essencial: “Como será o tempo em que eu vou conviver com meu filho?”

- Anúncio -

A grande verdade é que não existe uma receita precisa de como criar um outro ser humano. A única certeza, que é unanimidade entre especialistas, é que o que seu filho mais precisa para crescer e se desenvolver com valores de uma boa pessoa, é de você.

O filho vêm com sua personalidade própria, mas o modo como você o conduz deixará marcas para sempre na forma como ele enfrentará o mundo.

As pessoas que foram mais amadas e apoiadas na infância tendem a ser adultos mais amáveis, com maior facilidade em se socializar e até mesmo em ensinarem seus próprios filhos no futuro.

Trate seu filho como gostaria que o tratassem sempre. Seja justo, paciente e ponderado.

Muitas vezes “gastamos” nossa paciência, nossas melhores palavras e até um tempo precioso, com pessoas de quem não temos nem muita afinidade, e ao final do dia, quando chegamos em casa, não temas a mesma disposição para dar o mesmo para nossos filhos, justamente quem deveria receber o melhor.

Criação Autorregulada

Criada pelo psiquiatra Wilhelm Reich, a criação autorregulada, diz que uma criança que viveu em um ambiente saudável e respeitoso, se sentindo valorizada pelos pais, e vendo como os pais se relacionam com os outros a sua volta, serão adultos mais respeitosos e que se darão melhor em suas relações interpessoais.

- Anúncio -

Ela também sugere que pais prestem mais atenção nos filhos, seu hábitos desejos e necessidades e a partir dai, conectem melhor necessidade com o que é possível dentro da vida em sociedade.

“Uma mãe é mais eficaz do que nunca quando confia no seu instinto, quando lê nos olhos do seu filho aquilo que ele realmente precisa.”

- Anúncio -

Estudos jé comprovaram que crianças que são extremamente cobradas e criticadas pelos pais, se tornam adultos com mais chance de depressão. O excesso de carga negativa também atrapalha todo o desenvolvimento da criança, a tornando mais medrosa e limitada.

 

Facilitar a aproximação dos filhos, com outros parentes, também é uma ótima forma de os inserir melhor na sociedade em que viverão.

Também é cientificamente comprovado que avós presentes e carinhoso, assim como tias, são fundamentais para um melhor desenvolvimento de uma criança.

Mas mesmo quando essas relações por algum motivo não sejam possíveis. O amor, a dedicação e e o exemplo dos pais e responsáveis sempre será a melhor forma de ensinar e constituir um ser humano.

 

 

Baseado no texto de Valéria Amado, para o site “O Segredo”


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fibromialgia afeta cada vez mais pessoas – estes são 10 sinais muito comuns da doença, não ignore nenhum desses sinais!

Isis Valverde mostra detalhes do quarto de seu bebê: “Meu príncipe”