Sem-teto presta Enem com dinheiro arrecadado nas ruas

- Anúncio -

É admirável a força de vontade desse um homem sem-teto, vive nas ruas, mas fez o que parecia ser impossível para ele, se preparar e fazer o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Para fazer inscrição, Arno Muniz, 46 anos, juntou o pouco dinheiro que conseguiu arrecadar. Para ele, nenhum obstáculo o impediria de lutar para um dia ter uma vida melhor.

A história de Arno não é fácil, está vivendo nas ruas há 4 anos, antes ele tinha emprego, mas foi demitido. Desempregado por muito tempo, não conseguiu continuar mantendo uma casa, sem condições de pagar as contas se tornou um sem-teto.

- Anúncio -

Para conseguir algum dinheiro e pagar a inscrição no ENEM, Arno passou a pedir ajuda nos sinais em Blumenau, Santa Catarina. Ele se aproximava dos motoristas, mostrava o boleto de pagamento da taxa e falava rapidamente o motivo do pedido de ajuda.

Foi árduo, mas conseguiu o valor para o pagamento, fez inscrição e as provas do ENEM.

“Quero lutar pelos moradores de rua. As pessoas não sabem o que a gente sofre e nem o preconceito. A prova estava bem difícil, mas consegui concluir as questões e a redação“, disse o sem-teto que sonha em fazer o curso de Direito.

Antes de ser um sem-teto, Arno trabalhou construção civil e expedição em indústrias. Na época, o nível de escolaridade era fundamental incompleto. Ele estudou e fez as provas do Encceja – Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos. 

Sem ter um lugar seguro para guardar seus pertences, Arno levava consigo certificado dos cursos e seus livros. Temia deixar em algum lugar e alguém roubar.

- Anúncio -

“Eu queria muito um lugar para morar. Para tomar banho diariamente, lavar roupa e guardar meus pertences”, desabafou.

Ele recebia ajuda de funcionários em um posto de combustível, para guardar algumas coisas e estudar.

- Anúncio -

Para deixar as ruas, foi criada no Voaa, uma vaquinha online para arrecadar dinheiro que dê para pagar o aluguel por até um ano. 

O valor da meta é R$ 11.300,00, assim ele fica tranquilo de que terá uma casa para morar por 12 meses. Conseguindo emprego, irá se sentir mais seguro.

Foto: reprodução

Fonte: Só Boa Notícia


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher se passa por avó de criança e tenta levar menino embora da creche

Marília Mendonça esclarece suposta doença grave do filho