Quanto mais inteligente a mulher é, mais difícil se casar; segundo estudo

- Anúncio -

Se você já fez 30 e ainda não casou, não se preocupe, pode ser que você seja apenas inteligente demais

Muitas vezes, mulheres muito dinâmicas, independentes e poderosas, aparentemente têm uma dificuldade maior de encontrar um parceiro e se casar.

Com a chegada dos 30 anos, a ansiedade com relação a esse assunto tende a aumentar e muitas ficam frustradas, até mesmo pensando que algo nelas pode estar errado ou que não desperte o interesse dos parceiros.

- Anúncio -

Mas estudos realizados por algumas universidades inglesas, concluíram que as mulheres têm 40% menos chances de casar, caso sejam bem sucedidas ou tiverem estudos universitários ou de pós-graduação.

Para realizar a pesquisa, foram acompanhados 900 pessoas entre homens e mulheres durante um período de 40 anos.

A primeira fase começou quando os selecionados tinham apenas 11 anos de idade, e foi acompanhando sua vida pessoal, social e profissional.

A pesquisa então revelou que as mulheres mais ativas, com melhor desempenho nos níveis profissionais, levam mais tempo a encontrar um parceiro, isso se deve por vários fatores.

Elas são mais seletivas, procurando parceiros que possam acompanhá-las, e sejam também inteligentes e perspicazes.

Querem homens que as encorajem a crescer cada vez mais e não aceitam pessoas que “travem”, seus objetivos.

- Anúncio -

Para o psicólogo e professor da Universidade de Nottingham, Paul Brown, “as mulheres querem mais independência, mas, ao mesmo tempo, todos nós buscamos relacionamentos. O paradoxo da posição pós-feminista é criar um sistema social no qual a independência e a interdependência possam florescer “.

- Anúncio -

Além destes fatores, têm o fato de que muitas delas passam muito tempo dedicadas ao trabalho e ao crescimento pessoal, o que faz com o tempo seja limitado para a procura de relacionamentos amorosos.

 

 


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Donas de casa têm direito a receber aposentadoria? Se você não sabia sobre isso, fique por dentro  

Lembra dos garotos resgatados de caverna na Tailândia? Como estão agora?