in ,

Polícia recebe chamada de menino aterrorizado escondido no banheiro com a irmã: “Traga policiais… Muitos!”

- Anúncio -

Para uma família da Califórnia que aproveitava um dia ensolarado, não poderia imaginar que a paz e a tranquilidade poderia se tornar um evento sombrio e assustador.

Tudo mudou quando 3 homens fortemente armados invadiram a casa da família para assaltar, a entrada foi fácil, pois se esqueceram de traçar quando entraram. Os bandidos se comportaram agressivamente tentando colocar terror nos adultos da casa com ameaças.

Carlos, ficou muito assustado com tudo o que estava acontecendo em casa, ele tem apenas 7 anos de idade, mas foi rápido o suficiente para tomar atitude de uma pessoa adulta.

- Anúncio -

O menino pegou a irmãzinha de 6 anos pela mão e a puxou para o banheiro antes que os assaltantes os vissem.

Como a polícia recebeu o chamado para salvar a família do menino.

Carlos foi desde cedo ensinado pela mãe sobre o que deveria fazer em caso de emergência, para isso ela treinou o filho para saber como se livrar de uma situação difícil e cuidar da irmã.

O menino agiu exatamente como a mãe o havia preparado, então ligou para a polícia pedindo socorro.

“Vocês podem vir muito rápido? POR FAVOR, POR FAVOR”. Disse Carlos para a atendente da polícia, Monique Patino, que respondeu: “Pode me dizer o que está acontecendo?”

O menino rapidamente contou que 3 bandidos estava armados na casa dele e que poderia matar seus pais.

Monique Patino manteve a calma e conduziu o atendimento, mesmo tendo ficado chocada com o que a ligação do menino; “Eu fiquei realmente abalada,” revelou. Carlos disse a Monique que os estranhos tinham armas e que iam atirar: “Traga policiais… muitos deles.” Ela ouviu a irmã de Carlos chorando enquanto ele pedia para enviar soldados junto com os policiais.

- Anúncio -

Durante o tempo em que a atendente lutava para manter as crianças calmas, para que não fizessem barulho, pois estavam desesperadas chorando muito, ela zelava pela vida das crianças até que a polícia chegasse, o que aconteceu rapidamente.

- Anúncio -

Bandidos localizaram as crianças no banheiro.

Monique Patino contou que ouviu os gritos e teve medo pelas crianças, chegando a chorar pelo momento de terror que acontecia na casa do menino. Disse ela; “Quando ouvi os gritos, eu estava segurando o telefone e tremendo, em lágrimas. Tudo o que eu conseguia ouvir era que eles estavam gritando.”

Os criminosos arrombaram a aporta do banheiro quando ouviram o choro das crianças, eles viram que o menino falava com alguém no celular e exigiram que disse com quem estava falando.

Carlos respondeu com toda a força, mesmo diante das armas que os assaltantes apontavam e do pânico que falava “com o serviço de emergência!”

Temendo que a polícia chegasse sem que tivessem tempo de fugir, os criminosos fugiram sem levar nada. Quando a polícia chegou, os assaltantes tinham acabado de sair.

 

 

 

 

 

 

 

 


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Gestante é encontrada morta; o que fizeram com o bebê é ainda pior

“Me senti um lixo”, diz obesa que ficou ‘entalada’ em catraca de ônibus