Mulher tem 26kg de cisto ovariano removido após ser diagnosticada como grávida, com excesso de peso

Depois de “inúmeras saídas, lutas para respirar, e ganho de peso drástico”, a família e os colegas de trabalho pediram-lhe para ver o seu GP (Ganho de Peso).

Um diagnóstico errado pode tirar uma vida, ainda bem que no caso dessa mulher deu tempo de salvá-la.

Keeley Favell é uma mulher de 28 anos, do País de Gales. Desde 2014 ela começou a ganhar uns quilinhos a mais, até aí não havia nenhum indício de que a coisa iria piorar. Como continuava vendo seu peso aumentando na balança, ela foi orientada pela família a procurar um médico. Favell acatou a sugestão, pois desmaiava e tinha dificuldade para respirar. O diagnóstico foi muito simples, ela estava com sobrepeso.

Ok, tudo o que precisava fazer era emagrecer, mas a barriga só crescia, então algum tempo depois recebeu outro diagnóstico de que estava grávida. Preste atenção nesse erro, a mulher estava com um cisto enorme, pesando 26 quilos e não estava esperando bebê.

 

Ms Favell disse remover o cisto deixou-a “metade da mulher” ela era

Veja o depoimento Keeley Favell:

“Eu sempre fui corpulenta, mas ao longo de alguns anos, eu gradualmente peguei essa barriga” “Ele (peso) subiu tão devagar que eu não sabia que algo estava errado..”

“Eu estive com meu parceiro Jamie Gibbins por 10 anos e nós nos perguntamos algumas vezes se eu estava grávida – mas fizemos testes em casa e eles sempre descartaram isso”.

Favell contou que por conta do volume da barriga, as pessoas ficavam querendo saber quando o bebê iria nascer, tais perguntas a deixava constrangida, pois pensava que estava gorda.

Quando a suposta gestante perdeu os sentidos e teve muita falta de ar, precisou ser levada para a emergência do hospital, veja o que ela disse:

“Eventualmente, depois de ter tido inúmeros exames de sangue, os quais voltaram inconclusivos, meu médico decidiu que eu deveria estar grávida, apesar de nunca ter me examinado e do teste de sangue da gravidez ter voltado negativo”.

 

“Olhando para mim, qualquer um teria assumido que eu estava grávida de nove meses, então naturalmente eles me encaminharam para o hospital local para fazer ultrassonografia da gravidez.”

“O menino fez isso abrir uma lata de vermes! O ultra-som levou a tomografia de emergência, que mostrou que eu tinha uma grande massa ovariana”.

“Isso me levou a ser consultada por um obstetra de alto risco que me disse que a cirurgia era uma necessidade, e eu seria cortada do osso do meu peito até o osso pélvico..”

A cirurgia que deveria levar aproximadamente 90 minutos para remover o cisto benigno, levou 5 horas. Após o procedimento de remoção, Favell ficou surpresa com a aparência e a melhor notícia é a de que ainda pode ficar grávida.

“O choque nos rostos da minha família dizia tudo: eu era literalmente metade da mulher que eu estava afundando”, escreveu no post.

“Eu perdi a visão de como as coisas simples, até mesmo como dirigir um carro ou subir as escadas, se tornaram”.

“Perder meu caroço me deu a minha vida de volta. Eu não posso agradecer o meu cirurgião o suficiente.”

 


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇