Comprovado! Crianças que apanham dos pais são mais propensas a se tornarem violentas quando adultas

Um estudo recente aponta que ao bater nos filhos como forma de educá-los ou puni-los pode fazer com que se tornem adultos violentos.

Uma pesquisa publicada pelo Journal of Pediatrics, afirmou que bater com severidade em uma criança pode fazer com que ela se torne um adulto propenso a violência.

Jeff Temple, autor e professor de psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade do Texas, contou que para realizar a pesquisa foram coletadas informações de 758 pessoas entre 19 e 20 anos. 

Eles responderam perguntas sobre sua criação e quantas vezes apanhavam como forma de punição de seus pais.

As pessoas que sofreram mais castigos físicos quando crianças, eram mais propensas a serem violentas com seus parceiros.

O estudo também mostrou que não só surras vigorosas como forma de punir, mas qualquer agressão mesmo que ‘mais leve’, aplicada com intuito de educar, prejudica o estado emocional da criança, fazendo com que ela tenha maior dificuldade de se relacionar bem quando adulto.

Dados do NORC da Universidade de Chicago mostram que nos Estados Unidos onde bater não é ilegal, 73,6% dos entrevistados são favoráveis ou concordam fortemente com essa ideia de que a surra disciplinar “pode ser eficaz quando usada adequadamente”. 

Mas diversos especialistas condenam a pratica e dizem que existem outros meios de tornar a educação mais positiva.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇