“Cãopanheiros” fiéis! Esse morador de rua precisou ficar internado e seus quatro amigos não saíram do hospital

O homem, que muitas vezes deixou de comer para alimentar seus quatro companheiros, agora recebe de volta o amor incondicional.

Por mais evoluído o ser humano pareça ser, como é dito, histórias sobre lealdade e companheirismo dos cães são surpreendentes, esses bichinhos demonstram amar incondicionalmente, não é por acaso que os cães são considerados o melhor amigo do homem, prontos para obedecer, defender e acompanhar quem eles amam, independente das circunstâncias.

A história de um homem, sem teto, Cézar Gonçalves, que circula e dorme pelas ruas do município de Rio do Sul, em Santa Catarina, comprova o amor dos animais para com o ser humano e também emociona.

As condições de vida para um morador de rua são muito difíceis, essas pessoas ficam expostas aos perigos, fome, doenças, frio e calor excessivo dentre outras situações. Cézar ficou muito doente e precisou ser hospitalizado, ele foi levado para o Hospital Regional Alto Vale.

O morador de rua seria um paciente internado para tratamento até se recuperar e receber alta hospitalar, mas um fato inédito chamou a atenção de uma funcionária do hospital, fazendo com que pacientes e funcionários se emocionassem.

Os verdadeiros “amigos” de Cézar não se afastaram dele, Bebê, Nick, Menina e Tico, os 4 “cãopanheiros” seguiram o amigo.

Cris Mamprim que trabalha no hospital registrou a visita dos amigos de Cézar, por sua vez, responsável pela alimentação e cuidados dos bichinhos e compartilhou nas redes sociais com a legenda;

“Com tanta gente maldosa por ai, me deparei com essa cena no local onde trabalho, às três da madrugada, enquanto o dono estava sendo atendido. Uma pessoa simples, que depende de ajuda, tem ao seu lado os melhores companheiros”.

Com tanta gente mal por aí, hoje me deparei com essa cena. No hospital em que trabalho, as 3h da madrugada, enquanto…

Gepostet von Cris Mamprim am Samstag, 8. Dezember 2018

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *