Lutadora do UFC reage a assalto no Rio e domina ladrão com socos, chute e mata-leão

O criminoso tentou roubar o celular de Polyana Viana, mas não contava com o fato de estar diante de uma lutadora profissional do UFC.

Na noite do último sábado (5), a lutadora do UFC, Polyana Viana foi abordada por um bandido que queria levar seus pertences, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Polyana aguardava um Uber na porta do condomínio onde vive quando viu que o homem se aproximou e logo anunciou o assalto.

Ela manteve ele preso em um golpe chamado ‘mata-leão’, até a chegada dos policiais que efetuaram a prisão em flagrante.

Max Gadelha Barbosa, usava uma arma de papelão para praticar crimes.

 “Eu chamei o carro e fui para a frente do prédio, porque o pessoal aqui é meio chato com a segurança e não deixa qualquer um entrar. Quando o carro chega, eles ligam para o apartamento para avisar. Mas eu estava com pressa e desci para esperar lá embaixo, na porta do condomínio. Fiquei sentada no canteiro das árvores esperando. Eu sempre olho para ver se tem alguém, mas não vi ninguém. Acho que ele veio muito rápido. Quando eu ouvi os passos, eu virei. Acho que ele ia pegar o meu celular e ia correr. Não parecia que ia mostrar a arma, só ia pegar e correr. Mas como eu virei, ele sentou do meu lado, de uma vez, assustado. Ele me perguntou a hora, eu disse e olhei para ele meio assustada. Como vi que ele não ia levantar, fui esconder o celular na cintura. Quando ele viu que eu ia esconder o celular, ele disse: “Não tenta nada que eu tô armado. Passa o celular!” E colocou a mão em cima da arma. Só que eu vi que era uma arma murcha, de papel. Não era uma arma de verdade. Eu pensei que poderia ser uma arma de brinquedo ou uma faca, mas uma arma mesmo, não era. “

 “Ele estava bem perto de mim. Foi quando pensei: se é uma arma, ele não terá tempo de sacá-la. E dei dois socos e um chute. Ele caiu e o detive com um mata-leão”, explicou a lutadora.


Simulacro de arma usada pelo assaltante na abordagem a Polyana Viana — Foto: Arquivo pessoal

Max Gadelha Barbosa, que tentou assaltar Polyana Viana, aguarda a chegada da polícia — Foto: Arquivo pessoal
Polyana Viana: foto Jason Silva


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇