Vídeo mostra homem sendo arrastado pela enxurrada no Rio de Janeiro.

- Publicidade -

Parece que foi ontem, pelo menos é assim para aos familiares e amigos das vítimas. A enxurrada da última quarta (06/02) que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, causou pânico aos moradores das regiões mais atingidas na Cidade Maravilhosa.

- Publicidade -

Só em assistir na TV as imagens coma força da água entrando nas casas é assustador. Ver pessoas tentando salvar a via da família, dos animais, tentando ajudar os vizinhos. Infelizmente esse é um drama que muitas famílias na cidade do Rio tiveram que enfrentar.

- Publicidade -

Na Rocinha, comunidade carioca que aparece dentre as maiores da América Latina, foi atingida pelos ventos e por uma enxurrada que causou perda de vidas, uma delas aparece em um vídeo sendo arrastada. Nesse momento é preciso entender que a pessoa pode saber nadar muito bem, a força da correnteza arrasta casas, automóveis carregando fácil um ser humano sem chances de escapar.

Imagine o trauma para as pessoas que moram nos lugares em que a chuva deixou famílias desabrigadas, que agora talvez fiquem se informando sobre a mudança do tempo temendo passar pela mesma situação.

- Publicidade -
- Publicidade -

Tempos difíceis esse início de ano de 2019, muitas tragédias estão deixando os brasileiros assustados e muito tristes. Ainda é difícil saber

que tantas pessoas morreram e muitas outras estão desaparecidas em Brumadinho com o rompimento da barragem.

- Publicidade -

Depois veio a tragédia das enchentes na cidade do Rio de Janeiro. Na mesma semana acontece a pior tragédia de um clube de futebol no Rio, o CT, Ninho do Urubu do Flamengo, teve um incêndio que acabou com o sonho de 10 adolescentes, com idades de 14 até 17 anos. Meninos motivados, felizes por estar fazendo parte do time de coração e ainda coma chance de ajudar a família, visto que a maioria são pessoas simples.

- Publicidade -

Em todas essas tragédias, o que se espera é que tudo seja apurado, até lá, as investigações continuam.

- Publicidade -
- Publicidade -

- Publicidade -