Quando o pai cuida do filho, ele não está “ajudando”, está exercendo a paternidade

- Publicidade -

Cuidar dos filhos, de sua educação, de sua alimentação, ensinar hábitos de higiene, e todas as outras tarefas que envolvem as crianças, geralmente são associadas as atribuições das mães, mas não é assim que deve ser.

- Publicidade -

Os homens são tão responsáveis pelas tarefas da casa quanto as mulheres, e depois da chegada dos filhos, isso deve se estender a criação dos pequenos, e não deve ser encarado como ‘ajuda’.

- Publicidade -

Você não está ajudando ninguém quando cuida do seu próprio filho, ou limpa sua própria casa.

Antigamente a sociedade compreendia que o homem deveria ser o provedor, saindo para trabalhar fora, e a mulher ficava com todas as responsabilidades da casa.

- Publicidade -
- Publicidade -

Mas os tempos mudaram, hoje as mulheres também saem, trabalham e muitas vezes até ganham mais do que os maridos, mas a relação de distribuição de tarefas domésticas, ainda sobrecarrega as mulheres, que tem de encarar jornadas duplas.

Ainda existem homens que não sabem onde ficam as coisas dentro de sua própria casa, ou que só pegam os filhos no colo, se eles estiverem quietinhos, limpinhos e bem alimentados, e no primeiro choro dizem ‘mãe, ele quer você’.

- Publicidade -

Esse comportamento deve ser mudado. Os homens modernos e bem resolvidos, já entendem que as tarefas domésticas e cuidados com os filhos, são atitudes a serem todas em família, e que os dois devem contribuir.

Estudos mostram que homens que têm responsabilidade ativa nos cuidados com os filhos, conseguem desenvolver com eles um laço mais parecido com o materno, uma vez que os níveis de oxitocina são aumentados.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Esse relacionamento também produz um ambiente mais saudável, e favorece tanto na relação com os filhos, quanto na relação do casal.

- Publicidade -
- Publicidade -