Pacientes relatam choro, correria e tensão em hospital que pegou fogo

- Anúncio -

Nesta terça-feira (27/10), pacientes, acompanhantes, profissionais de saúde e todas as pessoas próximas da região do o prédio 1 do Hospital Federal de Bonsucesso, se assustaram com o incêndio.

Quem estava do lado de fora, se desesperou buscando informações sobre as condições de saúde dos pacientes internados na unidade hospitalar.

“Consegui falar com a minha mãe um pouco mais cedo, por meio de uma chamada de vídeo. Mas a transmissão travava muito, o sinal estava ruim. Minha mãe estava muito nervosa”, disse o filho da paciente Rosemary Alves, que está  internada há 3  meses no hospital.

- Anúncio -

“Ela disse que várias pessoas estavam chorando no interior do hospital. Estava uma correria, com muita gente desesperada. Depois disso, não consegui mais falar com ela”, completou o filho.

A técnica de enfermagem Tassiana Freitas de Melo Cardoso, falou sobre as dificuldades que ela e os demais profissionais da equipe médica passaram em meio ao incêndio.

“Tem pacientes críticos, graves, onde a gente não tem onde botar, não tem onde botar os monitores. Está complicado. Sai todo mundo junto, paciente correndo, paciente parando no meio da escada. Tem profissional passando mal também”, disse a técnica de enfermagem.

Alexandro buscava saber o estado de saúde da esposa, que estava internada há 9 dias na maternidade do hospital. Ele conseguiu falar com ela por telefone.

“Ela parecia estar bem, mas fico preocupado porque ela está grávida de sete meses e ainda tem pedras na vesícula”, disse  Alexandro.

Uma funcionária do hospital aguradava por notícias do pais que estava entubado, mas se acalmou ao saber que todos os pacientes foram removidos.

“Então tá bom, dá uma calma no coração. Eu trabalho aqui, ele já está aqui há mais de 20 dias entubado, o nome dele é José Salvador. Eu queria só saber se ele já foi retirado”, contou a funcionária  que trabalha na emergência do hospital.

- Anúncio -
- Anúncio -

Parentes de pacientes elogiam os  profissionais de saúde que, mesmo diante do desespero provocado pelo incêndio, os profissionais agiram rapidamente para salvar os pacientes das chamas.

“Os médicos são verdadeiros heróis pelo que aconteceu. Foi uma correria muito grande para salvar os pacientes, mas todos foram retirados, com o maior carinho e atenção”, afirmou uma mulher que estava com o marido internado..

“Fomos informados que estava tendo o incêndio. A equipe médica, enfermeiros, seguranças e brigadistas foram muito rápidos. A fumaça veio de baixo para cima do prédio, mas graças a Deus, pelas informações que recebi aqui, ninguém se feriu. Está todo mundo bem”, avaliou, por telefone, o paciente Leandro Barbosa.

Foto: reprodução

Créditos: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/10/27/pacientes-relatam-choro-correria-e-tensao-em-hospital-que-pegou-fogo-no-rio.ghtml


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jogador comete suicídio após ser dispensado pelo Manchester City

Delegado-geral de SP diz que Paulo Cupertino foi preso no Paraná; polícia paranaense não confirma