“Não tem cabimento o que ele fez”, diz pai de bebê decapitada por padrasto

- Anúncio -

O pai da bebê de 1 ano e 3 meses, a pequena Maria Clara, assassinada pelo padrasto na cidade de Pindamonhangaba, São Paulo, se pronunciou quanto a punição do suspeito.

Na última terça-feira (13/10), o padrasto da menina procurou a polícia para registrar o desaparecimento da bebê.

O homem disse que precisou ir ao banheiro quando estava com a criança no centro da cidade, mas como não poderia levar a bebê junto com ele para o banheiro, pediu a um homem que estava no ponto do ônibus para tomar conta de maria Clara.

- Anúncio -

Segundo o padrasto, ele não demorou a retornar, levou apenas alguns minutos, mas quando voltou, a menina havia desaparecido.

O padrasto da bebê Maria Clara, foi à delegacia somente seis horas após o suposto desaparecimento, que narrou como um possível sequestro. Porém, câmeras de segurança foram analisadas e o padrasto acabou confessando o crime.

- Anúncio -

O pai da bebê, Steven Roger Galvão, disse: “A hora que recebi a notícia, cortou o coração. Não tem cabimento o que ele fez com minha filha. Quero justiça. O que mais quero é justiça e estar com meus filhos 24 horas ao meu lado”.

Em casos como este, a polícia analisa todas as imagens colhidas nas câmeras de segurança da região em que ocorre o crime, ou acidente, para analisar e ajudar nas investigações.

Não precisa necessariamente o local em que o caso acontece, ter uma câmera instalada em pleno funcionamento. 

A equipe de peritos analisa todas as imagens que conseguir, também das proximidades, montando uma linha do tempo que, em muitos casos, as evidências provam o ocorrido.

Independente da situação, não é aconselhável deixar uma criança com pessoas desconhecidas, mesmo que seja por poucos minutos, a criança poderá estar em risco.

- Anúncio -

Para sair entregar a criança aos cuidados de outra pessoa, antes, precisa ser alguém de plena confiança dos pais.

Créditos: https://www.metropoles.com/brasil/nao-tem-cabimento-o-que-ele-fez-diz-pai-de-bebe-decapitada-por-padrasto


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PM aposentado é acusado de estuprar e engravidar menina de 12 anos

Menina de 2 anos envia “nudes” da mãe enquanto brincava com seu celular