in ,

Namorada da filha de família carbonizada, afirma que assalto foi planejado em setembro

- Anúncio -

Carina Ramos, 31, namorada de Ana Flavia, afirma que havia um plano arquitetado desde setembro do ano passado para assaltar a família da namorada.

As duas que estão presas pela morte da família de Ana Flavia, os pais Flaviana Gonçalves, 40 anos, Romuyuki Gonçalves, 43 anos, e o filho mais novo do casal, Juan Gonçalves, de 15, forma encontrados carbonizados. Ana Flávia é a filha mais velha do casal.

Desde que forma presas, elas deram depoimentos contraditórios, e agora assumem que planejaram assaltar a família, mas negam que tenham mandando matar a família.

- Anúncio -

Entretanto, a polícia acredita que elas estejam mentindo.

Ramos Júnior, primo de Carina e também envolvido no assassinato, deu outraa versão e acusou as mulheres de autorizarem a morte da família.

- Anúncio -

Ele disse que invadiu a casa da família com mais comparsas e que buscavam um suporto valor de R$85 mil que estaria em um cofre da casa.

O pai e o filho foram torturados para darem a senha do cofre, até a chegada da mãe, que era quem sabia de fato a senha.

Ao perceber que não havia dinheiro nenhum,  eles resolveram com autorização das mulheres a matar a família toda,  pensando em receber uma herança.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Confirmada morte de médico que alertou sobre coronavírus; China indignada

Asilo e abrigo de animais se unem para cuidar uns dos outros