Milhares de manifestantes contra morte de cadela fazem Carrefour fechar as portas e empresa enfrenta sérias consequências!

- Anúncio -

Vestidos de preto, com flores, velas e cartazes, um grande protesto invadiu o Carrefour e obrigou o estabelecimento a fechar as portas.

A morte da morte da cadela que foi cruelmente espancada dentro do supermercado Carrefour de Osasco, São Paulo, por um segurança terceirizado, provocou revolta na web e também nas ruas. Movimentos surgiram em todo o Brasil querendo justiça pela crueldade aplicada ao animal dia 28 de novembro.

A polícia esteve no local e instaurou investigação para apuração dos fatos. Ouviram testemunhas e assistiram ao vídeo que viralizou resultando em ações de repúdio.

A cadelinha era tratada pelos funcionários com carinho e foi chamada de Manchinha. Além de ter sido espancada, há suspeita de envenenamento. O agressor se apresentou a polícia e dizendo estar muito arrependido.

- Anúncio -

Um grupo de pessoas marcou evento de protesto no supermercado, compareceram no dia 8 com palavras de ordem faixas pedindo justiça.

- Anúncio -

A direção do Carrefour de Osasco resolveu fechar as portas para evitar maiores problemas, mas deixaram o estacionamento liberado. Compareceram ao protesto cerca de 12 mil pessoas de todas as idades. Além das ações presenciais de protesto e repúdio na internet, centenas de internautas estão declarando boicote ao supermercado em todo o país. Especialistas acreditam que o prejuízo será como nunca visto pelo Carrefour.

Novas mobilizações deverão acontecer em breve. ONG’s de proteção animal estão se mobilizando, assim como a população que está revoltada com a crueldade praticada contra um animal indefeso.

Por outro lado a empresa pretende apoiar feiras para adoção responsável de animais domésticos, no caso, cães e gatos promovendo o “Carrefour Pet Day”, que deverá acontecer todos os anos no dia em que a cadelinha foi morta, 28 de novembro.

Os investimentos para apoio de ONG’s protetoras dos animais também deve aumentar.

O que aconteceu com a cadelinha Manchinha, certamente não cairá no esquecimento, prova disso, que algumas empresas estão demonstrando apoio aos animais que aparecem nos estabelecimentos.

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

“Ele era o bebê mais adorável do mundo”: fotógrafa fala sobre ter registrado o último dia de vida de um bebê com microcefalia

Chora, Zezé! Zilu Camargo desfila corpão de biquíni, coloca internet abaixo e sobra alfinetada até para Graciele Lacerda!