in

Médico com CNH cassada atropela e mata adolescente de 15 anos

- Anúncio -

BMW X5 conduzida pelo médico Leandro Toledo de Oliveira de 37 anos atingiu duas motos na rodovia freeway na madrugada do último domingo (3), matando a adolescente Bárbara Andriélli Mendes de Moraes, de 15 anos.

Um médico que conduzia o veículo com sua Carteira Nacional de Habilitação suspensa (CNH) se envolveu em um acidente que vitimou uma adolescente de 15 anos, durante o feriado de carnaval, na BR-290, em Santo Antônio da Patrulha, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Leandro Toledo de Oliveira, conduzia sua caminhonete BMW X5, quando bateu atrás de duas motos. O acidente ocorreu na madrugada do dia 3 de março, no km 31 da rodovia Freeway.

- Anúncio -

Nas duas motocicletas, estavam Bárbara Andriélli Mendes de Moraes, de 15 anos, o pai e a mãe dela e um amigo da família. Todos sofreram ferimentos graves, foram socorridos e encaminhados para o hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre.
Barbará acabou morrendo ainda no trajeto até o hospital. A mãe e o amigo da família seguem internados com quadro estável. O pai da adolescente foi o único a receber alta.

Segundo informações de testemunhas, a moto em que Barbará estava, ficou presa na frente do carro e ainda foi arrastada por cerca de 100 metros, já a moto em que estavam o pai e a mãe da adolescente foi arremessada para o canteiro central.

O médico que bateu nas motos, foi encaminhado ao hospital Hospital de Santo Antônio da Patrulha com lesões leves.

De acordo com a PRF, Leandro Toledo não foi submetido nem ao teste do bafômetro, nem exame de sangue para verificar a presença de alcool. O médico já tinha sua carteira suspensa por dirigir sob efeito do álcool em Canoas, na BR-448, com outro veículo da mesma marca, e a ocorrência só foi registrada na última quarta-feira (6), e a razão da demora no registro do ocorrência e o motivo pelo qual o médico não foi submetido aos exames serão investigados pela PRF.

O médico estava com a carteira de habilitação suspensa por ter sido flagrado dirigindo embriagado na BR-448, em Canoas, em 2015.

Nas redes sociais familiares de Bárbara pedem por justiça, e que se esclareça os motivos de uma pessoa que já tinha carteira suspensa por se envolver em outro acidente estar dirigindo normalmente.

“Já tinha passado 150, 200 metros da curva, eu enxerguei a luz de um farol. A luz ficou muito forte no espelho e veio um clarão forte assim e aí eu senti a pancada. Quando eu senti a pancada eu fui com a moto, questão de fração de segundos, de milésimos. Eu senti que, quando eu tava em cima da moto, ela foi para o canteiro central. Eu percebi que o pessoal correu em direção ao carro e alguém falou ‘tem mais um motoqueiro aqui acidentado’. Aí me veio na hora: a minha filha”, disse Douglas Ozório de Moraes, pai da jovem.

- Anúncio -
- Anúncio -

“Sentimento de impunidade. Porque não precisa ser nem muito perito, não precisava nem ter muita experiência no trânsito para saber que esse cara estava numa velocidade muito acima do permitido. Não sabia que ele era médico. Ele podia, como médico, chegar nas pessoas que estão feridas”.

“A nossa vida, a nossa rotina, o dia a dia está acabado. E ele está por aí andando. Nada que aconteça vai me devolver aquela alegria. Vai tirar essa saudade”, disse o pai.

Em nota, a PRF informou que está apurando o caso.

“A Polícia Rodoviária Federal vem a público esclarecer que foi instaurado procedimento apuratório para elucidar os fatos e avaliar a ação dos agentes responsáveis pela ocorrência. A instituição se solidariza com os familiares da vítima desta trágica ocorrência e salienta seu compromisso com lisura pela completa apuração dos fatos”.

Bárbara com o pai Douglas
Douglas, pai de Bárbara, único que já recebeu alta depois do acidente


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Homem tenta matar esposa na porta de hospital depois de acidente

O que acontece com o corpo se você deixar de beber álcool por 28 dias?