Médica Marcelle Porto é a primeira vítima identificada em Brumadinho

- Anúncio -

Primeira vítima fatal do rompimento da Barragem 1 Mina do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi confirmada neste sábado (26).

Marcelle Porto Cangussu, trabalhava na empresa Vale do Rio Doce, como médica do trabalho, desde novembro de 2016, e morreu um dia depois de completar 35 anos.

Nas redes sociais, familiares e amigos procuravam por Marcelle e pediam orações.

- Anúncio -

Christian Garrido Higuchi, padrasto de Marcelle disse em entrevista ao G1, que a família estava no instituto Médico Legal (IML), em Belo Horizonte, neste momento para resolver questões burocráticas.

- Anúncio -

Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Luto! Julen foi encontrado sem vida depois de 13 dias no poço

Vídeo mostra rompimento da Barragem de Brumadinho; vítimas podem chegar a centenas