Mãe Compartilha Fotos Comovente do Seu Feto de 14 Semanas, Ele é “Perfeitamente Formado”… Não Aborte. Veja o apelo da atriz!

- Publicidade -

Confira, a mãe diz:”Ele é perfeito.. não aborte”

- Publicidade -

Em meio às discussões polêmicas sobre aborto, independente dos conceitos que cada pessoa tem sobre o assunto ou opiniões, vale a pena conhecer comovente história dessa mãe sobre o aborto espontâneo com o feto de 14 semanas de vida. Impressionada ao ver o feto, ela pediu ao marido para fotografar o corpinho sem vida.

- Publicidade -

Sharran Sutherland é uma atriz de 40 anos, ela vive em Fair Grove, Missouri. O feto estava medindo 14 centímetros e pesando 0,05 libras. Mesmo assim, para o pouco tempo de gestação, ela não sabia que nesse período o corpo estaria nas condições do feto que perdeu. Após essa tristeza, Serran se sentiu com o compromisso de compartilhar com outras mulheres imagens das mãos e pés do feto, para que saiba exatamente o que estarão fazendo ao decidir interromper a gestação.

Ela entende a necessidade que algumas grávidas entendem como a única solução ser o aborto para gravidez indesejada, o que não foi o caso de Sharran, o aborto foi espontâneo.

- Publicidade -
- Publicidade -

Para sepultar o bebê tão pequeno, ela pediu ao médco que não o descartasse, mas para permitir que ela e o marido providenciassem o enterro, pois não queria seu filho jogado fora como um lixo qualquer. Mãe e marido colocaram o corpinho em um vaso de flores e enterraram em um jardim.

Em seu perfil na rede social, a mãe postou;

- Publicidade -

“Como uma pessoa pode negar não apenas a humanidade do meu filhinho, mas todos os outros bebês tão jovens quanto ele e matá-los e de maneira tão horrível?”

“Espero que, ao compartilhar essas fotos do meu precioso menino, possa fazer com que uma pessoa que esteja contemplando o aborto decida deixar o filho viver.”

- Publicidade -
- Publicidade -

Olhando para ele, segurando-o na minha mão, olhando como ele estava perfeitamente formado: fiquei espantada.

“Eu simplesmente não conseguia acreditar em como tudo era perfeito para ele. Seus ouvidos, sua língua, suas gengivas, seus lábios. Eu não pude acreditar.

- Publicidade -

Você tem aqueles livros de bebê que mostram diagramas de um bebê no útero, mas ele não se parecia com nada que eu já tinha visto. Eu estava cheia de admiração e assombro com ele.

Ele só precisava continuar amadurecendo, crescendo e se desenvolvendo. Isso me surpreendeu. Foi uma sensação incrível. É muito difícil descrever.”

- Publicidade -