Loja acusada de racismo depois de desligar Papai Noel enquanto criança dançava

- Anúncio -

A atitude do atendente de uma loja causou revolta nas rede sociais.

Ao passar em frente a uma loja, a criança vê um Papai Noel dançante, e para. 

A criança encantada, começa a se divertir e dançar em frente a loja, e a mãe começa a filmar a alegria da pequena.

- Anúncio -

Quase no mesmo instante, um funcionário chega e desliga o boneco, deixando a criança sem entender o que estava acontecendo, e a mãe encerra a gravação.

Ao chegar em casa e contar aos familiares o que aconteceu, a avó da criança resolveu postar nas redes sociais o vídeo, na manhã do último sábado (15), com a seguinte legenda:

“Então .. é Natal?!?? Que doideira!! Acontece em Pouso Alegre…”.

Internautas então se revoltaram com a situação, e começaram a questionar o motivo de tamanha grosseria.

Alguns chegaram a acusar a loja de racismo, por a criança ser negra, mas outros dizem que foi apenas falta de sensibilidade do comerciante.

Após a grande repercussão na internet, a loja se manifestou no Facebook, pedindo desculpas pelo ocorrido, alegando que o brinquedo foi desligado por causa do barulho, e que a atitude brusca do funcionário foi por inexperiência.

Mas internautas revoltados não aceitaram as desculpas e no domingo a página foi retirada do ar.

- Anúncio -

Leia a nota da loja:

- Anúncio -

“Devido a sua inexperiência ainda por ser um garoto, – o funcionário – desligou o Papai Noel quando havia uma criança entretida no momento. Só temos a pedir desculpas pelo ocorrido, não somos a favor de nenhum tipo de ato racista, o funcionário já foi advertido pelo erro, e queríamos também que a criança e sua família comparecessem a loja para um pedido de desculpas pessoalmente”, ressaltava nota do estabelecimento.


O caso ocorreu em Pouso Alegre, no Sul de Minas.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mãe mata filho de 10 anos após ele dizer que gostava de meninos

Vídeo mostra mulher pilotando moto com bebê supostamente preso a um “canguru”