Justiça feita com as próprias mãos! Ela foi estuprada aos 9 anos, virou policial e 15 anos depois conseguiu prender o seu abusador

Ela fez questão de fechar a porta da cela “como se fosse para encerrar esse ciclo”.

Infelizmente no mundo todo há casos de abuso sexual infantil, um crime revoltante que pode causar danos emocionais irreparáveis para a vida toda. A vítima precisa ser atendida com urgência e receber acompanhamento psicológico, além de muito amor da família.

Uma menina foi estuprada aos 9 anos, tudo o que ela queria e mais gostava de fazer era brincar com suas bonecas, era alegre e falante, mas toda sua energia infantil foi roubada por um abusador sexual de crianças.

O homem que abusou da menina de 9 anos, era amigo da família, do tipo cativante, descontraído, agradável. Ele dizia ser fotógrafo e passou a frequentar a casa sendo bem recebido.

Durante 2 anos ele violentou a criança. A menina que antes brincava e falava muito, passou a viver com medo de tudo, falando pouco, sofrendo uma mudança completa no comportamento.

A corajosa menina reuniu forças e conseguiu contar todo o sofrimento que estava vivendo para as amigas mais próximas e para a irmã. Após 7 anos a menina, que a essa altura já estava uma jovem, soube que o tal fotógrafo estuprador havia abusado de outras crianças. Então ela mais uma vez, se encheu de coragem e registrou queixa na polícia, fornecendo informações no boletim de ocorrência, que ajudou na investigação.

Quando a jovem guerreira estava com 24 anos de idade, em fase de formação na polícia do seu estado, Santa Catarina, mesmo tentando se manter afastada de casos de pedofilia, o homem foi identificado e preso. Nesse dia, ela estava junto com os demais policiais. Na delegacia, foi ela, que tanto sofreu durante 2 anos nas mãos do abusador, foi quem fechou a porta da cela onde o fotógrafo foi preso.

Para revolta de todos, infelizmente o homem não ficou detido por muito tempo, pouco tempo depois ela já estava fora da prisão.

Fonte G1


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇