in

Justiça converte em preventiva prisão de mãe acusada de matar a filha

- Anúncio -

O caso da menina Júlia Félix, 2 anos, morta na última quinta-feira (13/2), tem um novo desdobramento.

A Justiça tomou a decisão converter em prisão preventiva a principal suspeita de ter assassinado a menina, a própria mãe. A acusada, Laryssa Yasmin Pires de Moraes, cometeu o crime na quitinete onde morava com a menina em Vicente Pires, na Colônia Agrícola Samambaia, ficará na prisão.

A mulher foi presa após ter esfaqueado a filha em casa, ela confessou ter tirado a vida de Júlia, esfaqueando a criança duas vezes na região do tórax, em seguida asfixiou a menina, conforme depoimento prestado pela própria acusada na Vara Criminal e Tribunal do Júri de Águas Claras.

- Anúncio -

A juíza Flávia Pinheiro Brandão Oliveira, informou que os indícios do crime cometido contra a menina, são provas materiais suficientes para a Justiça converter em prisão preventiva a autora do crime.

Na decisão da juíza, ela diz; “Verifica-se que a segregação cautelar da autuada faz-se necessária para a garantia da ordem pública, dada a extrema gravidade dos fatos que lhe são imputados”.

- Anúncio -

No depoimento da acusada, ela dá detalhes de como tirou a vida da filha. Pegou o colchão do berço da criança, colocou na cozinha, depois tentou ferir a bebê no pescoço, mas não conseguiu. Fechou os olhos na tentativa de não ver o que estava fazendo e deu duas facadas.

A menina sangrou muito e, para que não fizesse barulho, a mãe asfixiou a bebê, para isso pegou um pano e cobriu a boca da criança.

O pai da menina não morreu por pouco, ele também foi alvo da acusada. Após assassinar a filha, a mulher pegou outra faca e foi em direção a cama, onde o pai de Julia dormia.

No depoimento o pai disse; “Disse que teria acordado no momento em que foi golpeado com a faca, tendo dito ter ficado desesperado ao ver a filha ferida.”

Indignados com a crueldade do crime, moradores da região estiveram no Cemitério de Padre Bernardo (GO) para o velório de Júlia Felix, para dar apoio aos familiares e o último adeus a menina.

- Anúncio -

Fonte: Correio Braziliense


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Ensaio deslumbrante de irmãs albinas mostra que a beleza existe nas mais diversas formas

Despedida de Júlia é um dos velórios mais tristes que Brasília já viu