Homem que estuprou criança e cachorro é preso em Goiás

Padrasto abusa sexualmente de enteada quando a mãe saiu de casa, segundo informou a Polícia Civil de Goiás (PCGO).

Os casos de violência sexual contra criança, segundo estatísticas de crimes, infelizmente continuam subindo. As crianças precisam de toda proteção e acolhimento com ajuda profissional e médica para lidar com os traumas que podem deixar marcas de ordem psicológica, prejudicando toda a vida. Os danos podem ser irreparáveis, considerando tudo o que passou.

No último dia 28, um home foi preso em Goiás acusa de abusar sexualmente da enteada, uma menina de apenas 10 anos de idade, ele ainda foi visto violentando o cachorro da casa.

Não é comum a menina ficar na casa da mãe, ela mora com o pai, mas conforme o combinado, a criança foi para a casa da mãe no domingo para passar o dia. Na manhã de segunda-feira, a mãe saiu de casa para o trabalho e deixou a filha com o companheiro.

O homem esperou a mãe sair, foi para o quarto onde a menina estava e se despiu. Ela fingiu que estava dormindo para não olhar, mas o padrasto mexeu com a criança de maneira libidinosa seguindo com penetração.  Amenina contou para a polícia para a polícia que sentiu dor, então gritou.

Após o ato, o padrasto levou a menina para a casa do pai, e ainda fez promessa de que daria muitos presentes se ela não contasse nada para ninguém.

Chegando a casa a menina contou todos os detalhes para o pai que se apresentou na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA).

A menina foi conduzida ao Instituto Médico Legal (IML) para exames e o abuso sexual foi comprovado.

A polícia prendeu o homem com prisão em flagrante.

É fundamental que pais e responsáveis por crianças transmitam segurança para que os pequenos se sintam seguros e contar tudo o que acontecem, só assim é possível punir os criminosos.

O ideal é evitar que tais abusos aconteçam, por isso não deixe crianças sozinhas sema  supervisão dos pais.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇