in ,

Gerente de supermercado relata pânico de funcionários agredidos por cliente que não quis usar máscara

Foto: reprodução
- Anúncio -

Funcionários de um supermercado localizado em Sorocaba, São Paulo, relatam ter vivido momentos de “pânico”, tudo por conta de um cliente que se recusou a usar máscara protetora, conforme determinação do governo do estado, e também dos municípios, para proteção contra o Covid-19.

O susto que os funcionários passaram, foi tão grande que, até uma funcionária grávida de sete meses passou mal e precisou ser hospitalizada. Ela sofreu estresse muito alto por conta da briga que presenciou.

O gerente do supermercado, Guilherme Zaia, disse na reportagem: “Todos estão em pânico. Esperamos que eles consigam superar isso e que a gente não tenha mais problemas com este tipo de situação.”

- Anúncio -

A briga dentro do supermercado, aconteceu no último sábado (12/9). As câmeras de segurança do estabelecimento gravaram as cenas de um homem que não estava usando máscara, falando com um amigo que estava no caixa.

Ao perceber que o homem não usava máscara, um funcionário pediu para que o homem se retirasse do supermercado, foi então que aconteceu um tumulto que durou 15 minutos.

O homem e o amigo não se conformaram terem sido expulsos e retornaram acompanhados de uma mulher, dando início a uma nova discussão.

Funcionários do supermercado decidiram fechar o portão de entrada e chegaram a usar o extintor de incêndio para fazer com que os clientes se afastassem.

- Anúncio -

Segundo Luiz Cláudio Zaia, dono do estabelecimento, 4 empregados ficaram machucados na briga e uma funcionária grávida, todos estão afastados.

“Um deles está afastado por fratura no dedo e não sabemos quando retorna. Demos férias para um colaborador que está muito assustado, outro pediu para ser demitido. Neste caso, demos a ele alguns dias para se acalmar e repensar. Uma colaboradora está grávida e precisou ser hospitalizada, ela aparenta estar bem e está tendo os acompanhamentos médicos por precaução, mas não sabemos quando terá alta”,  disse o dono.

Os dois homens, de 41 e 36 anos, além da mulher, 31 anos, foram conduzidos ao Plantão Norte, ouvidos e liberados.

- Anúncio -

Créditos: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2020/09/17/gerente-de-supermercado-relata-panico-de-funcionarios-agredidos-por-cliente-que-nao-quis-usar-mascara.ghtml


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Jovem de 20 anos morta após procedimento estético, em BH, tinha mancha no coração: ‘Não vamos nos calar’

Luciano, da dupla Zezé Di Camargo, vira cantor gospel