Garotas de 11 e 12 anos planejavam assassinar os colegas e beber o seu sangue: o que está acontecendo com nossos jovens?

- Anúncio -

Algumas histórias que infelizmente acontecem no Brasil e no mundo, são revoltantes e assustadores, mas o que essas duas garotas planejavam é terrível. Trata-se de sua pré-adolescentes que deveriam estar pensando em viver com alegria, ter amigos, amar a família e ainda ter a inocência e ingenuidade típica da idade, sendo uma de 11 anos e a outra de 12.

Gosta de filme de terror? Então saiba que o mais terrível dessas produções nas telinhas perdem para a maldade na vida real, de 2 garotas que inventaram um plano mortal que queriam beber o sangue dos colegas. Sim, fica difícil acreditar em algo tão demoníaco, mas foi o que aconteceu na Flórida, cidade de Bartow. Por ser menor de idade, o nome das mentoras do crime assombroso não foi revelado, apenas o ocorrido foi noticiado.

 As garotas são estudantes da Bartow Middle School, uma escola em que ela tinham muitas amizades que conheciam há muito tempo e isso também facilitaria, de certo modo, o crime bizarro.

- Anúncio -

Segundo as investigações da polícia, as meninas confessaram tudo, dando detalhes que afasta qualquer possibilidade de estarem mentindo, ao contrário, deixaram claro que elas, com apenas 11 e 12 anos, tiveram uma mente criminosa tão apurada, capaz de planejar o assassinato dos colegas.

- Anúncio -

As garotas após terem planejado a ação sórdida, se esconderam no banheiro feminino, ficaram esperando alunas menores para ficar mais fácil o ataque. As garotas cruéis planejaram que trancariam o banheiro, em seguida matariam as meninas que entram cortando as gargantas, só então beberiam o sangue delas.

É horripilante até para assistir em um filme ou imaginas que alguém seja capaz de planejar algo tão terrível, principalmente sendo duas garotinhas que ainda nem são adolescentes.

As meninas foram salvas pelos professores, eles acharam que elas estavam sumidas, decidiram procurar nas dependências da escola, entram no banheiro e foi então que se depararam com as duas garotas prestes a cometer o crime. Elas estavam empunhando suas facas, cada uma com a sua. Os professores acionaram a polícia e assim salvaram duas vidas, duas alunas de serem mortas e ter os corpos cortados.

As garotas que tiveram a identidade preservada pelas autoridades, as de mentes criminosas, contaram que após o crime pretendiam se suicidar.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EUA: garoto de 7 anos é algemado e detido após agredir professora

Após receber beijo do Papa, bebê com câncer fatal no cérebro aparece completamente curada