Doria anunciou agora: “SP vai produzir vacina contra COVID-19”

- Anúncio -

Finalmente a notícia mais esperada pelos brasileiros sobre o novo coronavírus, foi confirmada nesta quinta-feira (11/06), pelo Governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB).

Doria anunciou nesta manhã, que está em fase final de testes, a produção de uma vacina contra o Covid-19, informando também que a produção está sendo realizada pelo Instituto Butantan, em parceria com um laboratório da China.

Na coletiva de imprensa que o Governador de SP nesta manhã, Doria fez o comunicado no Palácio dos Bandeirantes:

- Anúncio -

“Hoje é um dia histórico para São Paulo e para o Brasil, assim como para a ciência mundial. O Instituto Butantã fechou acordo de tecnologia com a gigante farmacêutica Sinovac Biotec para a produção da vacina contra o coronavírus. (…) Os estudos indicam que ela estará disponível no primeiro semestre de 2021, ou seja, até junho do próximo ano. E com essa vacina nós poderemos imunizar milhões de brasileiros”,

Ele explicou como serão feitos os testes clínicos para a fase 3, em que será necessário ter voluntários para os testes em humanos.

“O acordo prevê a participação de São Paulo na realização de testes clínicos dessa vacina, com o acompanhamento de 9 mil voluntários brasileiros a partir do próximo mês de julho, dentro, portanto, de 3 semanas 9 mil voluntários já estarão sendo testados aqui no Brasil”, disse Doria.

O Governador de SP falou sobre os acordos que estão possibilitando dar esse importante passo, para garantir fornecimento de produtos, transferindo para o Instituto Butantan. Mais tarde, logo após aprovação o comitê de ética e da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), os testes clínicos passarão a ser realizados e, com sucesso, a vacina será distribuída à todos os brasileiros para imunização.

O governo injetou R$ 85 Milhões em investimento para estudo e produção de vacina contra o Covid-19.

- Anúncio -

Para a parceria, o governo investiu R$ 85 milhões. De acordo com o presidente do Instituto e membro do comitê de contingência para Coronavírus do governo, Dimas Tadeu Covas, a atual fase em que o estudo se encontra sinaliza a eficácia da vacina.

“Obviamente uma fase de estudo 3 ela não é certeza de que a vacina vai funcionar, mas você não entra numa fase 3 se você não tem as evidências de que ela funciona.” Explicou Doria.

- Anúncio -

“Ela realmente protegeu em todas essas fases contra a infecção, então ela chega numa fase agora que é um desafio de campo, vamos dizer assim, agora é pra valer, quer dizer, 9 mil voluntários vamos ver se protege, qual que é o grau de proteção, se ela é efetiva e se isso acontece nós vamos estar com a vacina na mão. Então, é uma grande evolução. Quando as vacinas chegam nessa fase, isso significa que já foi feito um grande investimento nas fases anteriores. Então ela é promissora, sem dúvida nenhuma e é por isso que nós estamos realizando esse grande estudo.”

O motivo da parceria com a Sinovac Biotech, é por já ter sido aprovada na China para testes clínicos. 

Créditos: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/06/11/governo-de-sp-diz-que-instituto-butantan-vai-produzir-vacina-contra-o-coronavirus.ghtml


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O escândalo da hidroxicloroquina: estudo contra foi mentiroso

Estudante que usava wi-fi de açougue ganha notebook e internet em casa