in ,

Diarista tenta evitar agressões do patrão contra a mulher e morre espancada

Foto: reprodução
- Anúncio -

A Polícia Civil de Goiás prendeu um homem de 45 anos, suspeito de ter tirado a vida da diarista, na última quarta-feira (27/01).

A identidade do suspeito não foi revelada, mas a polícia localizou e o homem foi preso na região metropolitana.

O crime foi registrado como feminicídio, cometido em 7 de janeiro, conforme informou o delegado Carlos Levergger, o responsável pelo caso, de que o suspeito foi encontrado escondido no interior de uma empresa de reciclagem.

- Anúncio -

A diarista, identificada como Denise Alves Fernandes, 54 anos, trabalhava na casa do casal para fazer faxina, ela estava presente quando o homem agrediu a companheira, testemunhando as agressões, a faxineira tentou impedir que as agressões continuassem, tentando fazer com que o homem parasse de bater na mulher.

“Ele então iniciou diversas agressões, entre socos e chutes, contra a diarista. Ela foi atingida na região da face e teve múltiplas lesões”, explicou o delegado.

A diarista foi levada para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia, onde permaneceu internada até o dia 14 de janeiro, quando não resistiu,pelo agravamento do estado de saúde, devido ao traumatismo cranioencefálico.

- Anúncio -

O suspeito tem histórico de violência doméstica contra uma irmã em 2018, ele está respondendo por esse caso. Além disso, conta agressões contra a própria mãe, no ano de 2020. A Justiça decretou medidas protetivas para a irmã e a mãe do homem. Em 2007, o homem foi condenado por homicídio.

A companheira do suspeito prestou depoimento como testemunha do crime, se disponibilizando a colaborar com as investigações.

O agressor foi indiciado por homicídio qualificado, podendo ser condenado em até 30 anos de reclusão.

Infelizmente, o número de crime de feminicídio no Brasil tem apresentado aumento em todas as  regiões,  por isso é importante ligar para o número 180, caso desconfie que uma mulher está em perigo. Essa simples ação pode salvar uma vida.

- Anúncio -

A ligação é gratuita de qualquer tipo de telefone, fixo, móvel ou público.

Créditos: https://www.uol.com.br/universa/noticias/redacao/2021/01/29/diarista-tenta-evitar-agressoes-do-patrao-contra-a-mulher-e-morre-espancada.htm


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Mulher descobre gravidez logo após adotar recém-nascida prematura

A importância da licença-paternidade: “Me ajudou a ser um melhor pai, humano, cidadão e profissional”