Decretada prisão do médium João de Deus em Abadiânia.

- Anúncio -

Justiça determinou a prisão preventiva do médium João de Deus nesta sexta-feira (14), pelas denuncias de abusos sexuais e estupros que supostamente teriam ocorrido durante tratamentos espirituais.

O MP-GO pediu a prisão preventiva de João de Deus. O pedido foi analisado pelo juiz Fernando Chacha, que é responsável pela comarca de Abadiânia.

Em poucos dias, 330 mulheres registraram acusações contra o médium, João de Deus, então promotores já pediram sua prisão. O pedido foi acolhido pelo juiz responsável pela comarca de Abadiânia (GO).

- Anúncio -

O médium que nega todas as acusações havia pedido por meio de seus advogados que esse pedido não fosse acolhido pela justiça.

Uma força tarefa foi criada para investigar as centenas de casos. Promotora que estava de férias foi convocada para reforçar a equipe, que conta com a ajuda de psicólogas e dois tradutores de línguas estrangeiras, para ouvir mulheres que são de outros países.

“Temos casos fora do Brasil, por isso, temos a necessidade de acompanhamento para ajudar a gente a esclarecer todas essas situações”, afirma o procurador-geral do órgão, Benedito Torres.

Alberto Toron, advogado de defesa de João de Deus, falou ao G1:

“Muitas pessoas são beneficiadas com o tratamento e vão em busca do João de Deus. Então, para que ele possa continuar os atendimentos sem causar um embaraço à Justiça, parecer uma afronta, pedimos para que, se o juiz julgar necessário, coloque câmeras no local e até policiais para ver que o trabalho é feito com lisura”, disse o advogado.

A defesa do médium tentava na justiça, marcar uma data para que ele fosse ouvido.

- Anúncio -

“Ele tem 76 anos e uma larga folha de serviços prestados. Os depoimentos têm que ser apurados com rigor. É necessário ter cuidado para que João de Deus não seja submetido a um linchamento público antecipado”, completou.

- Anúncio -

Thales Jayme, que também compõe a defesa de João falou sobre o pedido de prisão e disse que hoje pela manhã não conseguiu contato com o médium.

“Foi dito hoje, por uma fonte fidedigna, que a prisão havia sido decretada, estava de posse do mandado de prisão e com alguns policiais trabalhando, que eu visse a possibilidade de se apresentar, como seria, uma situação menos dolorosa, estou indo a Anápolis para ver se consigo falar com alguém”, disse o advogado, por telefone.

O médium ainda não foi encontrado depois de ter a prisão decretada.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preso suspeito de matar a turista catarinense

URGENTE — Preso médium João de Deus