Dançarinos do ‘Meme do Caixão’, pedem em vídeo que as pessoas fiquem em casa

Conhecidos como um dos memes mais engraçados ultimamente, os dançarinos de Gana, fizeram um vídeo em que pedem mais consciência quanto ao Covid-19. Eles alertaram sobre a atenção que todos devem ter, respeitando as regras de distanciamento social e os cuidados de higienização, para se proteger contra o novo coronavírus.

O líder do grupo de dançarinos, Benjamim Aidoo, publicou um vídeo nas redes sociais, no momento em que ele e o grupo de dançarinos, presta homenagem aos profissionais de saúde em todo o mundo, aproveitando para fazer o apelo; “Fiquem em casa ou dancem conosco”.

Advertisements

O grupo de dançarinos dos memes do caixão, são convidados para importantes eventos em Gana, na África, são eventos sociais funerários, em que os dançarinos fazem o ritual de levar alegria para a alma da pessoa falecida, por isso ele dançam, mas sempre respeitando os familiares e amigos.

Os dançarinos se preparam para carregar o caixão, se arrumam para a cerimônia, para eles é importante ser vestir adequadamente para a ocasião, mas a alegria não pode faltar, o ponto alto dos dançarinos.

Em homenagem aos profissionais de saúde, o líder disse; “Olá, todo mundo. Nós gostaríamos de agradecer a todos os médicos do mundo. (Aplausos). Vocês estão trabalhando duro e cuidando de todos. Mas lembrem-se: fiquem em casa ou dancem conosco”.

Cientes da grande popularidade que ganharam como dançarinos do caixão e dos memes, o grupo que acompanha, trabalhando em vários velórios e enterros, sentiram a necessidade de ajudar na conscientização da importância de seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde, OMS, para evitar que a doença se propague ainda mais do que está atualmente.

O mundo está enfrentando uma luta contra um inimigo invisível e que pouco se sabe sobre ele, por ser um vírus novo, diferente de todos os outros coronavírus conhecidos até meados de dezembro de 2019, quando os primeiros casos surgiram na China.

Tendo feito do último adeus dos falecidos um trabalho, sabem o quanto as perdas de vidas, estão aumentando. Enquanto medicamentos e vacinas estão em processo de testes clínicos em alguns países, a melhor opção é não se expor ao novo coronavírus.

Fonte: JC

Written by Silvia Cardoso Souza

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *