Criança de 5 anos morre no corredor do Hospital depois de 16 horas de espera

- Publicidade -

Diogo Soares Carlo Carmo, de 5 anos, um menino de 5 anos, com síndrome de Down, morreu em um corredor de hospital, depois de aguardar por mais de 15 horas por um atendimento.

- Publicidade -

O caso ocorreu no Hospital Materno Infantil em Campinas (SP). O local estava superlotado e muitas das crianças, assim como Diogo, aguardavam por atendimentos, em cadeiras no corredor do hospital.

- Publicidade -

Segundo a nota da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no dia 25/3 o menino foi atendido “com queixas de alergia e febre. O exame de sangue estava normal. Ele recebeu atendimento e foi medicado de acordo com o quadro clínico que se apresentou no momento”.

Como Diogo não melhorou, a mãe retornou com ele ao hospital no dia 28, quando ele foi colocado em uma cadeira de rodas, pois a unidade seguia superlotada.

- Publicidade -
- Publicidade -

Em nota ao G1, Secretaria de Estado da Saúde informou que “a criança foi atendida e permaneceu nas cadeiras com a mãe, recebendo o tratamento prescrito e aguardando vaga em leito”.

Depois de horas de espera, sem retorno, a situação de Diogo foi se agravando.

- Publicidade -

“O quadro da criança evoluiu com muita gravidade não respondendo às manobras de ressuscitação na sala de reanimação, e às 13:55 foi constatado óbito”.

Depois de 15 horas, a criança morreu, sem ter uma resposta. Um vídeo que circula nas redes sociais, mostra o desespero da mãe:

- Publicidade -
- Publicidade -
https://www.facebook.com/watch/?v=1168247640020375
- Publicidade -

- Publicidade -