Confirmada morte de médico que alertou sobre coronavírus; China indignada

- Anúncio -

Na tarde da última sexta-feira (7), foi oficialmente confirmada a morte do médico oftalmologista Li Wenliang, após ser internado com dificuldades respiratórias.

A população comentou com indignação a morte do médico na rede social chinesa Weibo.

De acordo com informações que vazaram na imprensa, no dia 30 de dezembro, o médico usou áudios para alertar os colegas sobre a suspeita de estar diante de pacientes infectados com algum tipo de vírus similar ao da Síndrome Respiratória Aguda (SARS) — que gerou uma epidemia global em 2003.

- Anúncio -

Essas mensagens chegaram ao conhecimento das autoridades e ele foi chamado no Departamento de Segurança Pública e teve que assinar uma carta declarando que havia feito “comentários falsos” e perturbado “severamente a ordem social”.

Um tempo depois ele postou na rede social que ele sentiu os primeiros sintomas dia 10 de janeiro, quando começou a tossir. Três dias depois ele procurou o hospital com febre e não conseguiu mais melhorar.

Exatamente um mês após ter feito o alerta, o médico foi diagnosticado com coronavírus.

- Anúncio -


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acusadas de matar família trocam juras de amor aos gritos na cadeia

Namorada da filha de família carbonizada, afirma que assalto foi planejado em setembro