Começa amanhã júri de acusados da morte do menino Bernardo Boldrini

Bernardo de 11 anos foi morto em 2014, em Três Passos (RS), com uma injeção letal, o pai a madrasta e outras duas pessoas são apontados como culpados pelo crime.

O julgamento de um dos crimes que mais chocaram o Brasil começará nesta segunda-feira (11) no Rio Grande do Sul. Às 9h30 começa o júri dos quatro réus acusados de matar o menino Bernardo Uglione Boldrini.

Leandro Boldrini, pai de Bernardo, a madrasta, Graciele Ugulini, e os irmãos Edelvânia e Evandro Wirganovicz respondem pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e falsificação ideológica.

A previsão é de que o julgamento dure cerca de cinco dias.

Na época do crime, o corpo da criança só foi encontrado 10 dias depois do desaparecimento, em uma cova vertical, à beira de um riacho em Frederico Westphalen, cidade próxima a que a família morava.

O julgamento será presidido pela juíza de direito Sucilene Engler, titular da Vara Judicial da Comarca de Três Passos. Na acusação, atuará o promotor de Justiça Bruno Bonamente. Nas defesas, atuarão os advogados Ezequiel Vetoretti (Leandro), Vanderlei Pompeo de Mattos (Graciele), Jean de Menezes Severo (Edelvânia) e Hélio Francisco Sauer (Evandro).


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇