Cemitérios de Bérgamo não cabem mais os mortos pelo coronavírus e caixões são transportados por caminhões do exército

- Anúncio -

É muito triste a situação da Itália, a cada dia o número de mortos por complicações da infecção pelo novo coronavírus, dobra.

O país já está com dificuldades para enterrar as vítimas da doença e as imagens que estão circulando no mundo, por meio da web, é de muita tristeza, sem contar a sensação de impotência que os parentes e amigos das vítimas estão sentindo no luto.

A situação no distrito de Bergamo é ainda mais complicada, familiares querem sepultar os membros da família, mas estão com dificuldade, começando por não terem o direito de dar o último adeus em um velório, pois os caixões precisam ser mantidos fechados para evitar proliferação do Covid-19.

- Anúncio -

Bérgamo tem tantos mortos que o necrotério não tem mais espaço para acomodar os caixões, nem receber os de outras vítimas. A medida que o governo italiano tomou, foi a de utilizar caminhões do exército para transportar os caixões para necrotérios em outras cidades.

- Anúncio -

O espaço para acomodar os caixões no necrotério de Bérgamo ficou reduzido, porque é o único crematório da região, só tem capacidade para cremar até 25 caixões por dia, mesmo funcionando 24 horas por dia, como tem sido, é pouco para atender a demanda de mortos que está muito alta.

As famílias enfrentam a dor de não poder fazer o velório dos entes queridos e ainda ficam angustiados com o tempo em que os caixões ficam se acumulando no necrotério.

O prefeito da cidade, Giorgio Gori, disse nessa semana que, é a primeira vez na história, após a Segunda Guerra Mundial, que o cemitério foi fechado.

Imagens com uma longa fila de caminhões do exército, sendo 15 caminhões e 50 soldados, impressionou o mundo. 

Os caminhões percorreram ruas e estradas durante a madrugada, fazendo a retirada dos caixões na cidade de Bérgamo, transportando os caixões para outras regiões da Itália, cidades que estão aceitando receber os caixões para sepultamento.

Fonte: O Globo

- Anúncio -


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Supermercados de SP vão vender álcool gel pelo preço de custo a partir de segunda, diz Doria

Apple pode aproveitar crise do coronavírus para comprar a Disney, diz analista