Brumadinho: Sobrevivente diz ter esperança de encontrar filho de 1 ano vivo; vídeo

- Publicidade -

Paloma que foi uma das primeiras pessoas a ser resgatadas, é a mulher que aparece sendo puxada por uma corda em um vídeo feito por funcionários da Vale.

- Publicidade -

Ela recebeu alta do Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, e falou em uma entrevista exclusiva ao RedeTV Newsdesta terça-feira (29) que tem esperança de encontrar o filho Heitor, de 1 ano e 6 meses, e a irmã de 13 anos que estão entre os desaparecidos.

- Publicidade -

“Não sei se meu filho está morto. Confio em Deus e confio que ele possa estar vivo. Minha irmã também, mas meu esposo já temos certeza que faleceu. Então é uma perda muito grande”, lamentou a mulher de 22 anos ao falar sobre sua irmã de 13 anos que também está desaparecida e sobre seu marido, que foi encontrado morto.

Lucimar, pai de Paloma reclamou do descaso da mineradora Vale após o desastre que destruiu a casa da filha, que vai morar com parentes:

- Publicidade -
- Publicidade -

“A Vale até agora não proporcionou nada para nós, mas estamos contando com a ajuda de amigos e parentes. Olhem a situação dessa menina [Paloma]. Era linda, maravilhosa e vai voltar a ser o que era. Olhem neste momento a situação dela devido a imprudência da Vale”.

Na segunda-feira (28), Lucimar relatou ao RedeTV News que Paloma pensou que havia salvado o filho:

- Publicidade -
- Publicidade -

“Ela foi arrastada mais ou menos por 150 metros e conseguiu segurar num toco. Até pensou que estava segurando o filhinho dela, toda feliz que ia se salvar com o filho, mas quando foi ver era um toco de madeira que ela estava segurando”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -