Bolsonaro: se não houver volta a emprego semana que vem, vou tomar decisão

- Anúncio -

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre os riscos de desemprego no Brasil, no dia 02/04, afirmando que se na próxima semana “não começar a voltar o emprego, vou ter de tomar uma decisão”.

Bolsonaro disse também em entrevista que, “vírus e desemprego não podem ser tratadas de forma dissociada”, em em entrevista à rádio Jovem Pan.

Quando também que empresários, donos de estabelecimentos comerciais, “levaram uma paulada no meio da testa com as medidas tomadas por alguns governadores”, se referindo ao fato do funcionamento ser de apenas serviços essenciais, devido ao isolamento social, que governadores e prefeitos determinaram por conta do Covid-19.

- Anúncio -

“Eu tenho um projeto de decreto pronto para ser assinado, se for preciso, que considera como atividade essencial toda aquela indispensável para levar o pão para casa todo dia”, afirmou Bolsonaro.

O presidente disse também que, “enquanto o Supremo ou o Legislativo não suspender os efeitos do meu decreto, o comércio vai ser aberto. É assim que funciona” e explicou que não há possibilidade dos militares terem atuação na  reabertura do comércio.

- Anúncio -

Pediu aos governadores e prefeitos que reconsiderem a abertura do comércio; “Mais prudente seria abrir de forma paulatina o comércio a partir da próxima semana”, defendendo seu ponto de vista;

“Quando você isola e leva ao desemprego, junto do desemprego vem a subnutrição, o organismo fica mais debilitado. Essa pessoa vai ficar mais propensa a contrair um vírus – esse próprio aí, o coronavírus -, que terá uma letalidade até maior”.

“Entre morrer de vírus e uma parcela maior que poderá morrer de fome, depressão e suicídio, há uma diferença muito grande”, disse.

O posicionamento do presidente Bolsonaro, não é o mesmo que a OMS, Organização Mundial de Saúde, vem pedindo e orientando, que todos os países sigam adotando medidas para fortalecer o isolamento social e a população ficar em casa, funcionando apenas os setores essenciais.

Luiz Henrique Mandetta, ministro da saúde falou sobre os avanços na pesquisa; “Estamos aumentando e automatizando os testes. Isso gera uma capacidade maior de resultados. Nós vamos pegar tudo o que está parado. Vamos chegar em um teste quase em tempo real”.

- Anúncio -

Créditos: https://exame.abril.com.br/brasil/bolsonaro-se-nao-houver-volta-a-emprego-semana-que-vem-vou-tomar-decisao/


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher reconheceu o corpo do marido por videochamada em SP: ‘perdi meu grande amor sem nem poder dar adeus’

Vale eleva nível de emergência em barragem, e 67 famílias serão evacuadas em MG