Bebê diagnosticado com câncer é abandonado pela mãe e chora chamando por ela

- Anúncio -

A história do bebê Hu Haoyang é extremamente triste, ele tem apenas 2 anos e já passou por situações tão dolorosas, como  ter de enfrentar um câncer e ainda sentir falta da mãe.

A sensação de abandono que esse bebê sentiu no momento mais difícil de sua vida, é totalmente contrário ao que os médicos oncologista tanto alertam para pessoas questão em tratamento contra o câncer. Ele deveria ter toda atenção, ser motivado e receber carinhos, ter momentos de alegrias que ajude a esquecer um pouco de todo o sofrimento e efeitos colaterais causados pelo tratamento.

Lutando pela vida, o bebê Hu Haoyang chora chamando a mãe sem saber que ela foi embora, o abandonou friamente, enquanto ele enfrenta toda dor de um câncer no fígado.

- Anúncio -

O bebê passou por um procedimento cirúrgico para extrair parte do fígado e é submetido à quimioterapia.

- Anúncio -

A família luta para oferecer o melhor ao menino, mas eles não têm condições financeiras para o tratamento necessário, mesmo assim, o bebê foi transferido para um hospital na China por conta da qualidade do tratamento que possui melhores condições para acompanhamento e tratamento desse tipo de enfermidade.

O pai da criança e os avós é que estão se dedicando sem medir esforços para tentar diminuir a dor do abandono e da doença. Eles fizeram empréstimo para seguir com o tratamento, ao todo investiram com muito sacrifício o equivalente a mais de 400 Mil Reais.

A família está esperançosa, mas é de cortar o coração saber que um bebê que vive um momento tão delicado na vida, queira o colo da mãe, mas ela foi embora deixando o filho que poderia não resistir à gravidade da doença. Ele é um guerreiro, mas está fragilizado pela ausência da mãe.

O vinculo entre mãe e filho é visceral, muitos forte, quase inexplicável, movido pelos sentidos mais profundos, por isso é difícil imaginar algo como o que aconteceu com o pequeno Hu Haoyang.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crianças com pais muito críticos têm mais chance de sofrer de ansiedade e depressão

Alunas relatam assédio de professor de educação física em tradicional escola de SP