Avô se desespera ao saber que neto morreu após carro cair de balsa: ‘Abalado’

O avô conduzia o carro que caiu da balsa na travessia entre Bertioga e Guarujá, no litoral de São Paulo, na noite desta quinta-feira (28).

Fernandes Tito, de 77 anos, e o neto Kauan Inácio de 15 anos, estavam no carro e ao tentar acessar a balsa atracada na margem de Bertioga por volta das 19h30, por motivos ainda desconhecidos, chegou em velocidade normal, mas ao entrar na balsa cruzou em velocidade maior que o permitido e acabou caindo no mar.

Fernando foi resgatado por pescadores e levado ao hospital inconsciente, mas o neto Kauan afundou junto com o carro e seu corpo foi encontrado dentro do veículo.

Familiares contam que o avô que ainda está internado no hospital assim que recuperou a consciência quis saber do neto, mas somente hoje uma assistente social contou para ele o que ocorreu e ele acabou passando mal.

“Ele passou mal de novo quando soube. Vai ficar internado em observação, está muito abalado. Ele já estava pressentindo o ocorrido, mas só nessa manhã contamos o que aconteceu”, explicou um familiar.

Na manhã desta sexta-feira (228), familiares estiveram no Instituto Médico Legal (IML) de Guarujá para liberar o corpo de Kauan.

De acordo com o tio do adolescente, a família está muito abalada. “Meu cunhado e a mãe dele estão bem abalados com o que aconteceu. A gente fica triste pois ele era um bom menino, excelente garoto e muito apegado no pai e na mãe dele. O garoto era sem explicação. Estamos tentando fazer o possível pra ajudar, espero que eles consigam superar essa perda”, lamenta Manoel Trindade Franco.

Em nota, a Marinha do Brasil, por intermédio da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), informou que uma equipe da Capitania foi encaminhada ao local para coletar informações e um inquérito foi instaurado para apurar as causas e possíveis responsabilidades do acidente.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇