in

As fake news mais compartilhadas sobre o coronavírus

- Anúncio -

O Ministério da Saúde está se empenhando em fornecer informações verídicas a população sobre o novo coronavírus.

A mobilização também é para conscientizar todos e acabar com as fake news mais compartilhadas que estão sendo publicadas nas redes sociais.

Nesse momento tão sério, em que pessoas de vários países já morreram por conta da doença, é uma grande irresponsabilidade difundir informações erradas, tentando aterrorizar e criar pânico na população, ou ainda divulgar soluções caseiras falsas de tratamento.

- Anúncio -

Trabalhando para identificar as fake news sobre o novo coronavírus, o Ministério da Saúde disponibilizou o número (61) 99289-4649, de uma linha criada no WhatsApp, para que todos enviem os posts que estão recebendo e também demais informação sobre que o cidadão quiser enviar a fim de tirar dúvidas.

Todo o material com notícias falsas, compartilhadas nas redes sociais, está sendo analisado por técnicos capacitados para identificar a origem. Esses profissionais são do Governo federal.

São tantas as mensagens falsas amplamente compartilhadas sobre a doença que, para se ter ideia da gravidade das informações fakes, o coronavírus está sendo o assunto mais comentado, chegando a ser 90% dentre quase sete mil mensagens. Dessas, 85% foram identificadas como fake news.

No Brasil, para o cidadão não ser enganado, nem tomar atitudes erradas de proteção, o governo orienta a todos para acessar o portal do Ministério da Saúde, onde podem tirar dúvidas e obter esclarecimento oficial, conforme determinação da OMS.

- Anúncio -

O novo coronavírus infelizmente é uma realidade, a cada dia novos casos da doença são confirmados. Nesse momento, a Organização Mundial de Saúde, OMS, está acompanhando todas as novas tentativas e esforços dos cientistas, para conseguir uma vacina rápida que realmente seja eficiente contra o coronavírus.

Saiba quais são as fake news mais compartilhadas sobre o coronavírus:

Chá de abacate com hortelã previne o coronavírus;

Uísque e mel contra o coronavírus;

- Anúncio -

Óleos para combater o coronavírus;

Chá imunológico combate o novo coronavírus;

Vitamina C + zinco combatem o novo coronavírus;

Vídeo sobre vitamina D e a prevenção do novo coronavírus;

Álcool gel não tem eficácia, vinagre sim;

Gargarejos são eficazes para combater o vírus nos primeiros dias, quando o coronavírus fica restrito à garganta;

O vírus é resistente em susperfícies metálicas, onde pode se manter vivo por 12 horas;

Beber água quente ou chás mata o vírus;

Chinca cancelou todos os embarques de produtos por navio até março;

Já existe cura contra o coronavírus;

Médicos tailandeses curam coronavírus em 48 horas;

Semelhança do vírus HIV com o coronavírus;

Há medicamentos específicos eficazes contra o novo coronavírus.

Fonte: Veja


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by SIlvia Jornalista

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Garoto usa dinheiro da mesada para comprar óculos para amigo daltônico ver as cores

Pessoas morrem em festa de influencer por causa de gelo seco jogado em piscina