Após esfaquear Bolsonaro, agressor disse que cumpriu “Ordem de Deus”

- Anúncio -

Adélio Bispo de Oliveira que atentou conta a vida de Bolsonaro com uma facada, alegou estar cumprindo ordem divina

De acordo com informações dos policiais que prenderam em flagrante Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, logo após o homem ter agredido com uma facada no abdômen o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro no PSL, o homem teria dito aos polícias enquanto era conduzido a delegacia, que ele estava “cumprindo ordens de Deus”.

Luis Boundens, presidente da Federação dos Agentes da Polícia Federal, a Fenapef, informou que conversou diretamente com os primeiros policiais a atenderem a ocorrência imediatamente no instante que aconteceu, que a partir do momento que houve a tentativa de homicídio, um grande tumulto se formou e os policiais tiveram que além de prender o agressor, conter a multidão que queria linchá-lo.

- Anúncio -
- Anúncio -

Sanidade Mental 

“Os colegas disseram que ele imediatamente começou a dizer que estava em missão divina, o que levou o pessoal a duvidar da integridade psicológica dele”, disse Boudens.

No Jornal Nacional, uma sobrinha de Adélio, que não foi identificada, disse em entrevista que o homem tinha uma conduta tranquila e que a família estava estarrecida tentando entender o que o teria motivado a tal ato.

Estado de Saúde de Bolsonaro

Até o fechamento desta matéria, o candidato Bolsonaro, segue internado na UTI, da  Santa Casa de Juiz de Fora, depois de ter passado por uma cirurgia que teve algumas intercorrências, como uma hemorragia internet que foi controlado pelos médicos. Seu estado de saúde no momento é estável.

 


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imprensa mundial repercute ataque a Jair Bolsonaro; Guardian chama eleição de ‘imprevisível’

Complexa, cirurgia em Bolsonaro deve tirá-lo da campanha de 1º turno