Agressor de cachorro em supermercado não será preso

Homem que bateu em cachorro no supermercado até a morte teria pena máxima de 1 ano, mas deverá apenas reverter em serviço comunitário ou cestas básicas.

Todo o país está revoltado com o que aconteceu com um animal inocente no supermercado, agredido violentamente por um segurança. Desde então imagens circulam pela internet com notas de repúdio de todas as classes da sociedade.

Um movimento está ganhando força na web entre os internautas, milhares de pessoas estão se posicionando declarando boicote a rede de supermercados após assistirem as cenas revoltantes.

No Brasil a pena para quem agride, mata ou pratica qualquer outra maldade com animais é muito branda, tanto é que o homem não será preso.

Selma Luiz Duarte, vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da OAB-DF disse; “A pena para agressão a animais é muito branda”, completando, “A punição é de três meses a um ano. Ninguém vai para a cadeia com uma sentença dessa”. Afirmou; “para a pessoa ir presa, ela tem que ser condenada a pelo menos três anos, e não existe esta pena no caso de animal”, seguiu informando, “como houve o fato morte, a sentença aumenta em 1/3, 2/3”, mas mesmo assim a pena ainda deve ser revertida “no máximo em umas cestas básicas, serviços comunitários ou, no máximo, em uma multa”.

A vice-presidente também disse que; “para que se aumente essas penas, para a pessoa realmente ir para a cadeia e que as multas fiquem maiores. Serviria para que outras pessoas pensem um pouquinho antes de maltratar um animal, que não faz mal para ninguém”.

O terrível ataque ao cachorro aconteceu na cidade de Osasco, São Paulo, em uma loja que pertence a um grupo de grande rede de supermercado. O segurança de uma empresa terceirizada teria dado veneno ao cachorro depois teria matado dando pauladas.

O bichinho foi atendido pelo Departamento de Fauna e Bem Estar Animal, mas não resistiu aos violentos golpes deferidos contra ele.

A brutalidade de matar um animal indefeso está sendo a maior e mais revoltante polêmica dos últimos dias.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇