Acusadas de matar família trocam juras de amor aos gritos na cadeia

- Anúncio -

Carina e Ana Flávia que se tornaram conhecidas nos últimos dias, por suspeita de terem assassinado a família de uma delas foram presas separadas.

Segundo as autoridades as duas foram separadas na cadeia porque as investigações estão em andamento e novos depoimentos serão colhidos.
Mas parece que a nem a prisão é capaz de fazer com que elas se deixem.

Segundo a imprensa elas trocam juras de amor aos gritos através das celas, e dizem que “ninguém irá separá-las”.

- Anúncio -

Elas são acusadas de matar Flaviana Gonçalves, 40 anos, Romuyuki Gonçalves, 43 anos, e o filho mais novo do casal, Juan Gonçalves, de 15. Os corpos foram carbonizados. Ana Flávia é a filha mais velha do casal.

- Anúncio -

As duas confessaram que queriam assaltar os pais de Ana Flávia, mas negam o assassinato.

A polícia Entretanto, afirma que tem fortes indícios que elas tenham planejado o assassinato.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇
- Anúncio -

Written by Ana Paula

Jornalista de profissão, e redatora por vocação. Escrevo com prazer tentando passar em palavras, emoções que possam tocar a vida das pessoas. Nas horas vagas mamãe de gatos e degustadora de cafés, que são meus grandes amores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Léo Dias revela fotos de Gugu com homem que seria seu companheiro em viagem pouco antes de morrer

Confirmada morte de médico que alertou sobre coronavírus; China indignada