Absurdo! Casal é preso depois de agredir menina de apenas 2 meses e deixá-la com traumatismo craniano

Segundo perito, criança apanha desde os 30 dias de vida!

Todo tipo de crime é preocupante para as autoridades e sociedade, ma alguns são revoltantes devido a crueldade, e o pior é que não se pode atribuir a nenhuma justificativa que possa ter motivado, se trata de maldade gratuita.

O mais triste é que esse tipo de crueldade foi praticada contra uma bebê de 2 meses de vida. A criança foi atendida no hospital com traumatismo craniano, resultado das investidas violentas que sofreu de um casal, ela de 14 anos e ele com 22.

Logo que o casal chegou ao hospital, eles disseram à polícia que a pequena havia sofrido uma queda de aproximadamente 10 centímetros e que teria se ferido sozinha por conta da queda.

Os policiais não ficaram convencidos da história e deram ordem de prisão ao casal por ter deixado uma bebê em perigo, ao ponto de sofrer traumatismo craniano e lesões no corpo. Eles vendo que não poderiam escapar, confessaram o crime, pois a criança aparentava ter sido vítima de maus tratos.

Segundo um perito, a pequena estava sofrendo agressões há mais tempo, desde um mês de vida.

Infelizmente, esse caso chocante e revoltante não é o único, muitas crianças são vítimas de abusos sem poder se defender. Por isso é importante que toda a sociedade observe e denuncie, pois uma criança pode perder a vida.

O abuso infantil é uma grande preocupação das autoridades, que lutam e lançam campanha para que a população participe e não deixe de denunciar qualquer situação suspeita ligando para o Disque 100, a ligação é gratuita de qualquer localidade.

A Organização Social Visão Mundial fez uma pesquisa sobre abusos a crianças no Brasil e divulgou as estatísticas, comparando com 12 países da América Latina.

Veja o resultado da pesquisa sobre abuso infantil:

Espaço público: 52%;

Dentro de casa: 21%;

Escola: 13%;

Transporte público: 6%;

Espaços religiosos: 3%.


ATENÇÃO MÃE, QUAL SUA OPINIÃO?

escreva seu comentário abaixo👇