Absurdo! Casal é preso depois de agredir menina de apenas 2 meses e deixá-la com traumatismo craniano! Como pode isso?

Segundo perito, criança apanha desde os 30 dias de vida! O que você faria se vivenciasse um crime desses?

É um absurdo o que adultos estão fazendo com crianças inocente que não sabem se defender. As motivações para quem comete crimes contra a criança é o que não falta. Independente dos motivos, nada pode justificar os maus tratos e a crueldade que muitos pequenos sofrem, na maioria das vezes dentre de casa.

Essa menina de 2 meses, ainda bebê na primeira fase da vida, foi atendida no hospital com sinais de agressões. A equipe médica diagnosticou traumatismo craniano. O casal que levou a criança forneceu explicações nada convincentes para o estado da menina. A princípio, o casal disse que encontrou a menina caída no chão, o trauma teria sido após ela ter sofrido uma queda de altura similar a 10 centímetros, tentando convencer que a menina rolou e caiu.

O casal formado por uma jovem de 14 anos e o homem de 22 tentaram explicar de todo o modo a queda da menina, só não contaram com a experiência dos militares, que não acreditaram em tal possibilidade, da bebê de apenas 2 meses cair e ter lesão daquele jeito. Após exigir mais clareza dos fatos por parte do casal, eles não resistiram e acabaram confessando o crime. Em seguida foram presos.

Essa pequena criança estava há pelo menos um mês e meio sendo agredida pelo casal, segundo foi apurado pelo perito, após os devidos exames.

Muitas crianças diariamente são vítimas de crueldades, elas não sabem se defender, eles dependem da ajuda de vizinhos, educadores e de toda sociedade que desconfiar de maus tratos deve denunciar.

É triste a situação de tantas crianças, quando deveriam estar sendo protegidas e bem cuidadas, frequentando a escola, sendo bem alimentadas, educadas e com direito a brincar sem o medo de serem agredidas.


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *